Saindo do armário

Vou tirar minha armadura, deixar de lado o papo de ser auto-confiante e auto-suficiente, e gritar aos quatro ventos que eu queria ser filha de pai rico: poder sair com o cartão de crédito dele, não ter que trabalhar pra pagar o aluguel e poder acordar às 10 da manhã de segunda à sexta. Ter de rotina só a faculdade.
Mas não, sou filha de pai pobre, faço conta pro dinheiro aguentar até o fim do mês, acordo cedo de segunda à sexta e deixei de ser ‘poliana’ faz um tempo.
Eu gosto da minha vida, com as responsabilidades e liberdades, eu só queria que tivesse um pouco mais de conforto e mordomia.
Respira fundo, veste a armadura de novo e vamos lá:
Morar sozinha é bem legal.

Anúncios

5 comentários

  1. Olá querida!

    Sinto muito que eu tenha passado essa imagem; longe de mim. A ideia não é dizer que “não pode”, mas sim que “não deveria”. Porque não é toda moda que foi feita pra todas. Tem coisas que ficam feias nas supermagras também.

    A ideia do site é mostrar o que valoriza cada tipo de corpo, e não proibir. Mas agora que tu comentou, percebo que utilizei a expressão “não pode” várias vezes, me descuidei.

    Mais de uma vez disse no site que todo mundo pode usar o que quer, só estou dando dicas de como valorizar o corpo cheinho. Nenhuma gordinha vai parecer magra usando essa e aquela roupa, a gordinha é gordinha, e deve aceitar isso antes de pensar em roupas.

    Espero que eu tenha esclarecido e que você não se decepcione mais com o blog!
    Um abraço
    Litha

  2. Poxa, obrigada =) Levei como construtiva sim, entendo perfeitamente esse tipo de frustração (afinal, sou gordinha também e sofro pra encontrar roupas).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s