VOLTE DUAS CASAS

Tirando a primeira eleição que eu votei, em 2002, eu voto nulo ou justifico o voto desde então. Acho ridículo para um país “democrático” o voto ser obrigatório e mostro minha “indignação contra o sistema” dessa forma. Pois bem, esse ano não será diferente, pelo menos no primeiro turno.
O fato de eu não votar, não me torna uma pessoa alienada ou por fora de política e eu tenho acompanhado várias opiniões nas redes sociais bem interessantes que quase me fizeram ter esperança no meu país. Quase.
Há quatro anos já existiam as redes sociais, mas acho que engatinhávamos nelas, smartphone era um luxo. Agora estamos todos conectados e nessas eleições, porque todos podem se expressar e todos conseguem ler, eu nunca vi tanta gente falando de política e acho isso quase sensacional! Quase.
É bom ver que estamos interessados em mudar o país. Só que não. Pelo menos o que eu vejo aqui em São Paulo, o argumento utilizado, não é eleger um(a) presidente honesto, que vai fazer pelo país, com boas propostas. O plano é tirar a Dilma (por consequência o PT) e que precisamos mudar, estamos há 12 anos sob as garras do PT. Isso faria sentido se o governador mudasse também… o PSDB está há 20 mandatos a frente do governo do estado e não tem muita coisa melhorando por aqui não…
Criticar a corrupção do PT é certíssima! Estamos cansados de tanto imposto e tão pouco retorno. Saúde, segurança pública e educação, são coisas que não existem no nosso país. Mas, não coloquem o PSDB como salvadores da pátria. O partido é tão sujo quanto o PT e o Aécio não está atrás nesse sentido. De um google rápido em mensalão do PSDB e pop-upam notícias a respeito. Acho que a grande diferença é que não temos uma revista VEJA (de grande distribuição) a favor do PT para nos lembrar constantemente que não haverá mudança, em termos de corrupção, com a mudança de partidos.
Ou seja, eu não vou votar nessa eleição porque não tenho um candidato, e a ideia de um “menos pior” não me agrada.
Eu sei que Aécio e Dilma não são os únicos candidatos. A Marina não me agrada porque ela não me atende com as propostas na parte de direitos sociais e acredito que seu governo será guiado com base na sua religiosidade, enquanto eu sonho com a laicidade do Estado. A Luciana Genro foi uma grande surpresa positiva nessas eleições, mas não concordo com suas propostas de governo e a considero despreparada. Eduardo Jorge foi o que mais me agradou com o plano de governo, mas gosto mais dele por tweeter do que falando. Não o acho coerente na fala. Os demais eu não considero.
Por fim, para deixar claro, eu sou totalmente a favor de uma mudança de partido no governo nacional e do estado principalmente, nessas eleições. Porém, eu não sou contra a Dilma e o governo do Lula de maneira nenhuma (o que não significa que apoio a corrupção). Talvez porque eu tenha mamado nas tetas do governo através de uma das suas famosas bolsas. Eu fiz faculdade com bolsa 100% através do PROUNI, e só por isso consigo complementar a renda na minha casa. Eu mudei o estigma na minha família e fui a primeira mulher a me formar, a primeira a comprar a tão sonhada casa própria (financiada, ok) e me lembro muito bem do salário mínimo no valor de US$ 50,00 na época do FHC. Então, minha vida melhorou sim nesses 12 anos, o que eu acredito que não teria acontecido no PSDB.

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s